Scroll Top

ALIMENTAÇÃO

Alimentação infantil: o que deve ser evitado?

alimentação infantil deve ser cuidadosamente monitorada. Hoje em dia existem muitos alimentos tentadores, e a criança não saberá discernir se aquele determinado alimento é saudável ou não.

alimentação infantil é crucial por várias razões. Por exemplo, um problema muito sério hoje em dia é a obesidade infantil. Quando as crianças não são estimuladas a manter uma alimentação coerente, o sobrepeso começa a surgir.

Também devemos destacar que neste período da vida, o corpo passa por um processo de transformação. Neste caso é necessário ter uma alimentação correta, pois é necessário o ingerimento de nutrientes especiais.

Não é difícil de imaginar quais são os alimentos que devem ser priorizados na alimentação infantil, não é mesmo? mas iremos neste artigo, mostrar quais são aqueles alimentos que não devem ser consumidos na alimentação infantil.

Obviamente que estes alimentos não causarão grandes complicações se consumidos monitoradamente. Porém em caso de excessos, a saúde e bem-estar do teu filho(a) poderá comprometida.

Alimentos a ser evitado na alimentação infantil

alimentação infantil

Balas e pirulitos: Este tipo de alimento deve ser evitado na alimentação infantil. Apesar dos pequenos amarem as balinhas, é necessário evitar comprar este tipo de alimento para o teu filho. Se esses alimentos forem consumidos comumente na alimentação infantil, com certeza surgirá cáries demasiadamente.

Mel: O mel não deve ser consumido na alimentação infantil. O motivo é que, até o primeiro ano de vida, a criança fica vulnerável à intoxicação alimentar, que é provida de uma bactéria encontrada neste alimento.

Maionese: Na alimentação infantil, evite dar ao teu filho, a maionese. Este alimento não contém nenhum nutriente benéfico.

Salsicha e linguiça: A salsicha e a linguiça são alimentos que não devem ser inseridos na alimentação infantil, na verdade, até os adultos devem evitá-los.

Pizzas: Em plena alimentação infantil, evite dar ao teu bebê, pizzas. O valor calórico desse tipo de massa é imenso, e além disso, é importante salientar que nutricionalmente falando, este alimento é inviável para a alimentação infantil.

Peixes com espinhos: Evite inserir peixes com espinho na alimentação infantil. É muito arriscado dar à uma criança este tipo de alimento, pois pode ocorrer engasgamentos.

Chocolate e achocolatado: Tanto o chocolate quanto o achocolatado, possuem uma rica dosagem de açúcar em sua composição. E isso é péssimo, pois o açúcar processado pode desencadear à longo prazo, a temida diabetes. Sem contar que, o excesso de açúcar acaba contribuindo com o surgimento da obesidade infantil, como dissemos anteriormente.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.