DICAS

Corrimento com cheiro de peixe: causas e tratamento!

O corrimento vaginal é um evento que ocorre com todas as mulheres. Também conhecido como conteúdo vaginal, este corrimento é comum, e portanto não há o que se preocupar.

O corrimento é também conhecido como fluxo vaginal fisiológico. Isso quer dizer que por ser fisiológico, esse conteúdo vaginal é do próprio ciclo natural do corpo feminino.

Todavia pode ocorrer uma espécie de corrimento com cheiro de peixe. Nesse caso, este fluxo vaginal não é comum, pois o corrimento natural não possui cheiro forte nem estranho.

É necessário investigar essa complicação, todavia procurar um ginecologista é  recomendável. A seguir iremos mostrar quais são as possíveis causas do corrimento com cheiro de peixe.

Corrimento com mau odor: o que pode ser?

corrimento com cheiro de peixecorrimento com cheiro de peixe

Como vimos anteriormente, o corrimento com cheiro de peixe deve ser investigado. O mau odor pode significar diversas complicações sérias ou simples.

Como exemplo temos a vaginose bacteriana. Essa complicação consiste num aumento considerável de uma bactéria cujo nome é Gardnerella vaginalis.

Quando há concentração excessiva de bactérias em um determinado local do corpo, é certo que o mau cheiro ocorrerá. Por esta razão, o odor desagradável ocorre, e como se isso não bastasse, este mau cheiro é transmitido para o fluxo vaginal, que como vimos, é algo fisiológico.

Causas da vaginose

Como vimos, o corrimento ocorre devido ao alto índice de bactéria presente na região da vagina. Portanto, a causa é justamente essa presença excessiva de bactérias no local. Mas por que essa presença excessiva ocorre?

Isso acontece devido à alterações no PH vaginal, e dessa forma, a bactéria se prolifera. Essa alteração do PH pode ocorrer por alguns fatores, como consumo de algum medicamento forte, falta de higiene no órgão, ou até mesmo alimentação empobrecida.

Como reverter o corrimento?

corrimento com cheiro de peixe 01

Se efetivamente esta complicação for diagnosticada, será necessário descobrir as causas da alteração do PH. Sobre os tratamentos passíveis de serem utilizados, podemos citar antibióticos, ou alimentos contendo probióticos.

Outra possibilidade é o corrimento sumir do nada. Num contexto geral, essa complicação é bem simples de ser tratada, e além disso não causa sintomas sérios. Portanto, dependendo das circunstâncias, é bem provável que este corrimento com cheiro de peixe deixe de existir naturalmente.

Quando devo procurar um médico?

Por ser um fator fisiológico, o corrimento é genuíno da mulher, porém quando há mau cheiro, este é o momento de buscar a ajuda médica.

Um outro detalhe importante: o corrimento pode ter outros sintomas, ou seja, não é só mau cheiro que pode se apresentar.

corrimento com cheiro de peixe 014

Entre esses outros sintomas, podemos citar a coceira vaginal. Se por ventura houver um excesso de coceira, procure o seu médico urgentemente, até porque este tipo de sintoma pode representar outras complicações de saúde.

Caso haja dor no ato sexual, este é um outro indicativo de vaginose. A relação sexual é um ato saudável e essencial para os seres humanos, a partir do momento em que houver dor, alguma coisa está errado.

Corrimento pode ser outras complicações

Como vimos, o corrimento com cheiro de peixe pode ser indício de vaginose. Todavia, há a possibilidade de haver outra causa. Por este motivo, não exite, procure o seu médico se efetivamente você notar algum cheiro estranho no corrimento vaginal.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com