DICAS

Espinhas internas: descubra como removê-las

As espinhas internas são uma modalidade de acne que começam internamente, abaixo da pele. Normalmente as espinhas internas podem não surgir na superfície, ainda mais se alguns cuidados forem tomados.

Porém, a maior desvantagem das espinhas internas é a dor que ela propicia. Normalmente elas doem mais do que a acne superficial. Também é  válido destacar que as espinhas internas são comuns em mulheres de todas as idades.

Normalmente mulheres ou homens mais velhos não desenvolvem acne, todavia se o problema for causado por fatores hormonais, é mais provável que as espinhas internas surjam ao invés das tradicionais.

Não é interessante espremer as espinhas internas, isso porque ao simplesmente espremê-la, você estará inflamando-a mais ainda. Com isso, a proporção dela pode aumentar, além disso a dor será insuportável, podendo inclusive coçar em determinadas ocasiões.

Como tratar espinhas internas

espinhas internas

Compressa de chá preto: O chá preto poderá ajudá-la a remover as espinhas internas. Para isso, basta adquirir o chá preto de sachê, e aplicar um sache sobre o local da inflamação. Deverás utilizar um pano ou band-aid para segurar o sachê.

Vapor: O vapor abre os polos, e isso faz com que haja a eliminação da acne. Procure todos os dias expor o seu rosto  ao vapor, em poucos dias as espinhas internas com certeza sumirão.

Esfoliação: A esfoliação também é outra alternativa interessante para eliminarmos as temidas espinhas internas. Para isso basta utilizar mel e açúcar, passar sobre a pele, e logo mais fazer movimentos circulares. Ao final basta remover os ingredientes lavando o seu rosto com água e sabonete.

Como prevenir espinhas internas

As espinhas internas podem ser prevenidas através de alguns cuidados diários, conheça quais são eles:

Lavar o rosto: Lave o seu rosto todos os dias, por pelo menos 3 vezes no decorrer das 24 horas. A oleosidade excessiva pode causar acnes, por este motivo sempre é necessário estar higienizando a pele, em prol de evitarmos este tipo de complicação.

Alimentação: Por falar em oleosidade, é de suma importância evitar açúcar e alimentos gordurosos. Estes alimentos podem muito bem causar oleosidade na pele, o que acaba por desencadear as espinhas internas. Procure consumir mais frutas e verduras, pois vegetais são armas contra este tipo de anomalia.

Sol: Evite a exposição solar excessiva, especialmente depois das 10 e antes das 16 horas. Caso precise se expor ao sol, procure passar protetor solar.

Hidratação: Hidratar a pele ajuda a evitar o surgimento de espinhas internas. Para isso, basta utilizar cremes hidratantes. Também consuma bastante água e as demais bebidas líquidas, pois a água é uma ótima maneira de hidratarmos a nossa pele.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com