DICAS

Hábitos Saudáveis – Como seguir uma vida com mais saúde.

Nossa proposta não está propriamente voltada para onerosos seguros de saúde ou programas de assistência médica dotados dos mais sofisticados recursos, embora não discutamos sua utilidade. Tampouco sugerimos o uso de fórmulas especiais ou cápsulas importadas de vitaminas. A vida humana merece, inegavelmente, toda a moderna tecnologia médico ao seu dispor. Mas nosso objetivo aqui é salientar os cuidados mais primários e necessários à conservação da saúde, geralmente negligenciados. Queremos ter uma vida mais ativa e um alimentação regrada com vitaminas, mas hábitos saudáveis.

Quase todos ficamos doentes, ou pelo menos favorecemos o desenvolvimento de nossas doenças, por desrespeitarmos estes princípios básicos de saúde. Muitas vezes, não percebemos onde está o erro e, em vez de remover as verdadeiras causas, procuramos paliativos contra os incômodos físicos, que amenizam temporariamente os sintomas, mas não curam.

Por exemplo, alguém que sofra de azia e desconforto digestivo, causados pelo consumo de frituras, pode contentar-se com o uso de antiácidos para combater o mal-estar. Seguir hábitos saudáveis é fundamental para quem quer ter mais qualidade de vida.

habitos-saudaveis

Mas esta providência não impede que a saúde seja agredida e que mais tarde surjam sérias conseqüências. O procedimento correto seria mudar a alimentação. Mas na correria da vida moderna é mais cômodo tomar um comprimido de efeito imediato do que ter de reunir esforços para mudar certos hábitos acariciados. Não é fácil mexer nos hábitos das pessoas.

Publicidade 

 

Por isso, muitos profissionais de saúde acomodaram-se a um tratamento puramente sintomático, que, pelos seus efeitos rápidos e uso prático, agrada os clientes. Pode, em alguns casos, agradar, mas não resolve. Porém, atualmente, muitas pessoas buscam alternativas menos agressivas, mais naturais, que possam solucionar efetivamente seus problemas orgânicos.

Habitos saudaveis x rotinas diárias

Conclui-se, então, que existe contradição ou incoerência marcante em nossa filosofia individual de saúde: embora admitamos o inestimável valor da saúde, não damos a merecida importância aos cuidados indispensáveis à sua conservação. O ser humano é um suicida. Ele se autodestrói na con descendência com o apetite, no corre-corre para ganhar dinheiro, no trabalho ou estudo excessivos, nos orgias e prazeres sensuais, nos divertimentos excitantes, nos vícios etc. A indiferença quanto ao cuidado do corpo é muito grande.

Trata-se de tragédia social e médica de proporções devastadoras. Por isso, a saúde pública atravessa crise sem precedentes. As doenças crônico-degenerativas, como câncer e moléstias cardiovasculares, são hoje campeãs de mortes, e as enfermidades infecciosas, como cólera e disfunções respiratórias, ressurgem como nova ameaça. Doenças inexpressivas ou inexistentes no passado, como AIDS, apavoram o mundo. A saúde do mundo está moribunda. E o culpado é o próprio homem, com seus maus hábitos. Não é hora de refletir seriamente e promover mudanças?

Leia Também: CAFÉ VERDE emagrece até 25 quilos naturalmente

Nossa atitude diante desta realidade trágica não pode ser passiva. Devemos participar ativamente na gestão de nossa saúde. A conclusão mais importante que se tira do estudo desta lição é que nossa saúde depende principalmente da atitude firme no sentido de cultivar estilo de vida sadio. Vale a pena investir em nosso bem-estar. Não há patrimônio mais valioso.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com